Resultado Chamada 2 – Bolsa Doutorado INCT IBP

02/06/2021 15:37

A comissão de gestão deliberou sobre a alocação de duas bolsas, disponibilizadas pelo Instituto Brasil Plural, para alunos de Doutorado do PPGAS vinculados a projetos de pesquisadores do Instituto,  e analisou as documentações enviadas para ranquear os/as alunos/as de acordo com o que estabelece a PORTARIA NORMATIVA Nº 03/2015/PPGAS, DE 06 DE ABRIL DE 2015.

Classificação Discente categoria
primeiro Thiago da Silva

Santana

1 lugar seleção Ações Afirmativas Turma 2021
Segunda Iadira Impanta prioridade socioeconômica e classificação por processo seletivo/ turma 2021
Terceira                   Juliana Duarte prioridade socio- econômica e classificação por processo seletivo/ turma 2021
Quarta             Viviane Vasconcelos Classificação por desempenho acadêmico no curso de doutorado/ turma 2020
Quinta Jade Alcântara Lobo Classificação por desempenho acadêmico no curso de doutorado/ turma 2020
Sexta Thamirez Lutaif Classificação por desempenho acadêmico no processo seletivo/ turma 2021
Sétima                     Helena Monaco Classificação por desempenho acadêmico no processo seletivo/ turma 2021
 Oitava  Karina Lilith Moreira
Sanchez
 Classificação por desempenho acadêmico    no processo seletivo/ turma 2021

Ante o ranqueamento apresentado, o parecer da comissão é que a bolsa com cota de 9 meses seja alocada para Thiago da Silva Santana e a de 8 meses seja alocada a Iadira Impanta.

Ata da Comissão de Gestão sobre Bolsas 2016

29/02/2016 09:44

Parecer da reunião da comissão de gestão do PPGAS

A comissão de gestão se reuniu em 17 de fevereiro de 2016, na sala 110 do Departamento de Antropologia, às 09:00 horas, para deliberar sobre propostas de divisão do orçamento do PPGAS para 2016 e para dar os encaminhamentos para alocação de bolsas no PPGAS – UFSC. Estavam presentes os membros da comissão Evelyn Schuller Zea, os representantes discentes Felippe Cardozo Ciacco, Isadora Zuza da Fonseca, Edilma do Nascimento Monteiro e Rafael Devos e Edviges Ioris representando a coordenação do programa.

Recursos do Programa

A coordenadora do programa apresentou as previsões orçamentárias para 2016. Ainda não está confirmado o valor do recurso PROAP para 2016, mas até o momento a PROPG informa a previsão de que teremos 25% do valor do recurso de 2015, ou seja, 25% de 134.000,00 resulta em 34.500,00. Embora a PROPG já esteja aceitando pedidos de financiamento de membros de bancas de doutorado, a coordenação informou que os pedidos não foram encaminhados pois os valores seriam descontados do pouco recurso disponível para todo o ano de 2016.

Quanto às publicações que necessitam financiamento, além da Revista Ilha, a coordenação apresentou os orçamentos de 3 coletâneas selecionadas ainda em 2015 para publicação: Antropologia Visual (organizada pela Profa. Carmen Rial – já pago em 2015 no valor de 15.000,00); Instituições Estatais na América Latina (organizada pela Profa. Edviges Ioris e por Ricardo Verdum, já pronto para publicação, tendo R$ 3.000,00 pagos do recurso de 2015, faltando ainda pagar R$ 7.470,00) e Máquina do Parentesco (organizado pela Profa. Miriam Hartung, tendo já 8.000,00 pagos para tradução em 2015, aguardando ainda revisão final para encaminhar para publicação, orçado em 11.000,00).

Mediante à dificuldade orçamentária de 2016, a comissão decidiu por não destinar recursos para o pagamento da anuidade da ANPOCS (R$ 3.400,00), propondo ao programa pressionar a UFSC para realizar o pagamento de outra maneira que não o uso do recurso PROAP do programa.

Após discutir os compromissos financeiros do programa, chegou-se à seguinte proposta:

– R$ 10.000,00 foram reservados para a revisão, diagramação e publicação online de dois números da Revista Ilha;

– R$ 7.470,00 foram reservados para o financiamento da publicação Instituições Estatais na América Latina;

– R$ 1.000,00 foram reservados para gastos institucionais do PPGAS (correio, secretaria, etc);

– R$ 3.000,00 foram reservados para o evento organizado pela coordenação do PPGAS, com relação ao debate sobre a presença indígena em SC e a resposta às acusações da CPI dos antropólogos contra o Departamento de Antropologia da UFSC;

Da previsão orçamentária, restariam ainda R$ 12.000,00 a serem destinados para apenas uma das opções abaixo:

a)    Financiamento da participação de membros externos de bancas de doutorado (aprox. 5 convidados no total)

b)   Auxílio à participação em eventos (docentes e dicentes)

c)    Apoio à organização de eventos no PPGAS (aprox. 4 convidados)

d)   Financiamento da publicação terceira coletânea (Máquina do Parentesco)

Sugerindo ao programa buscar recursos junto a outras fontes para a publicação da terceira coletânea, a comissão elaborou a proposta de destinar os R$ 12.000,00 restantes para a organização de um evento no segundo semestre de 2016, com o objetivo de discutir as linhas de pesquisa do PPGAS através da apresentação de trabalhos de docentes e dicentes, com a participação de pesquisadores convidados de destaque na área.

Obs: A comissão submeteu as decisões ao colegiado do curso em 24/03/2016, ficando decidido destinar os R$ 12.000,00 restantes do orçamento para o custei da participação de membros externos de bancas de doutorado, agendadas para data a partir de 28/03/2016. A comissão fará um orçamento para o recurso total da cota do programa (R$ 134.000,00) e para futuros ajustes no orçamento em novas reuniões em março, na medida em que ainda não está confirmado o orçamento real de 2016.

Bolsas

Sobre o item BOLSAS, a comissão revisou a previsão de cotas de bolsas para 2016 disponíveis a partir de março de 2016.

Para o doutorado, temos 3 cotas CAPES do programa sendo liberadas, que serão destinadas para as estudantes Bianca Ferreira Oliveira, Patricia Postali Cruz e Fabiana Stringini Severo (atualmente com bolsas emergenciais), conforme já decidido na última reunião de colegiado. Ainda, teremos 2 cotas CNPq sendo liberadas, que serão destinadas para os ingressantes por ações afirmativas no doutorado 2016, conforme a resolução de bolsas aprovada na última reunião de colegiado. Os novos pedidos de bolsas emergenciais de doutorado serão realizados conforme os critérios de distribuição de bolsas do programa, seguindo os seguintes passos:

a) Será solicitado a todos os doutorandos sem bolsa (turmas 2015 e 2016) que manifestem interesse em concorrer a uma bolsa.

b) Entre os interessados em bolsas, aqueles que desejarem ter sua demanda avaliada como prioridade socioeconômica devem encaminhar a documentação definida na resolução de bolsas do programa.

c) As respostas devem ser enviadas até o dia 23/02 para o email da coordenação do programa.

d) A comissão se reunirá no dia 26/02 para deliberar sobre a ordem de prioridade da demanda das bolsas de doutorado emergenciais

Quanto ao mestrado, temos 10 bolsas CNPq sendo liberadas e 8 bolsas CAPES da cota do programa, contando ainda com uma cota FAPESC de 24 meses e 3 cotas FAPESC de 6 meses. 3 cotas CAPES serão destinadas aos estudantes da turma 2015 do mestrado Rafael Moreira Serra da Silva, Diana Wiggers De Carli e Isadora Zuza da Fonseca. A cota FAPESC de 24 meses foi destinada para a estudante da turma 2015 Clara Merino. O2 Cotas CNPq serão destinadas aos estudantes ingressantes por ações afirmativas. As cotas restantes serão distribuídas aos alunos ingressantes em 2016, conforme as regras de distribuição de bolsas do programa aprovadas na última reunião de colegiado, sendo as bolsas FAPESC restantes (de 6 meses) consideradas bolsas emergenciais. A documentação será solicitada para ser entregue pelos mestrandos no momento da matrícula, no dia 02 de março de 2015. A comissão se reunirá em 04 de março de 2016 para deliberar sobre a distribuição das bolsas de mestrado.

****

A Comissão de Gestão se reuniu em 26 de fevereiro de 2016 e deliberou sobre alocação de bolsas no PPGAS/UFSC.

Para acessar a ata, clique aqui.

INSCRIÇÃO 2015 DO PROGRAMA DE ESTUDANTES-CONVÊNIO DE PÓS-GRADUAÇÃO (PEC-PG)

01/06/2015 16:47

CHAMADA CNPq nº 05/2015

PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2015 DO PROGRAMA DE ESTUDANTES-CONVÊNIO DE PÓS-GRADUAÇÃO (PEC-PG)

Constituir atividade de cooperação educacional com países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém acordo de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia; – Contribuir para a formação de recursos humanos, por meio da concessão de bolsas de Mestrado e Doutorado para realização de estudos em Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras que emitam diplomas de validade nacional, em programas de pós-graduação com nota igual ou superior a 03 (três), segundo classificação estabelecida pela CAPES; – Aprimorar a qualificação de professores universitários, pesquisadores, profissionais e graduados do ensino superior, visando sua contribuição para o desenvolvimento de seus países.http://www.cnpq.br/web/guest/geral


Inscrições: 29/05/2015 a 27/07/2015

CIRCULAR 1/2015/PPGAS – Assunto: Bolsas de estudo no âmbito do programa

08/05/2015 18:26

CIRCULAR 1/2015/PPGAS

Florianópolis, 7 de maio de 2015

 

Para: Discentes e docentes do PPGAS

Assunto: Bolsas de estudo no âmbito do programa

Com o objetivo de informar sobre a origem das bolsas, bem como dos critérios para sua distribuição aos alunos no âmbito deste Programa, a Coordenação do PPGAS/UFSC presta os esclarecimentos que se seguem aos corpos docente e discente.
(mais…)

Parecer da Comissão de Gestão do PPGAS sobre bolsas ME/DO em 2015.1.

13/03/2015 16:23

Parecer da Comissão de Gestão do PPGAS – Reunião 5/mar/15

Aos cinco dias do mês de março de 2015 reuniram-se na sala 110 do Departamento de Antropologia da UFSC os membros da Comissão de Gestão do PPGAS Prof. Edviges Marta Ioris, Profa. Evelyn Schuller Zea, Profa Miriam Furtado Hartung e as representantes discentes Simone Frigo (doutorado) e Beatriz Pereira de Oliveira (mestrado).  Participou também da reunião o Prof. Rafael Victorino Devos, sub-coordenador do PPGAS UFSC.
(mais…)